Domingo, 24 de Setembro de 2006

Dia 13

O melhor dia da semana tinha que ser um Sábado...

Image Hosted by ImageShack.us

50% dos lucros vieram dos jornais.

Image Hosted by ImageShack.us

Falta o Domingo para colocar a positivo :)

Sábado foi um dia bom. Chegámos por volta das 7.45 e às 9 em ponto tinhamos Expresso, Sol e reservas feitas.
Ao meio-dia acabaram-se os 67 Expressos. Possivelmente teria vendido perto de 90, se os tivesse... É revoltante ter clientela e não poder vender. É assim a Asco...
O Sol acabou por volta das 4 da tarde. Venderam-se 44, e provavelmente teria vendido perto de 50.
Tal como previ, vitória do Expresso 67-44. E para a semana suponho que a vitória seja por números superiores. Há ainda muita gente a comprar o Sol "para ver se gosta" e alguns acabarão por desistir. Por isso penso que as vendas nunca ultrapassarão as 50. Se bem que pelo menos no próximo Sábado vou continuar a dedicar um expositor só para o Sol.

Da parte da tarde concluiram-se as sobras.
publicado por ardinario às 16:41
link | comentar | favorito
Sábado, 23 de Setembro de 2006

Dia 12

Uma 6ª feira... nem boa, nem má. Comparando com os outros dias da semana, e tirando o sábado, a 6ª feira costuma ser o melhor dia: véspera de fim-de-semana e jornais diários mais caros. Tal não aconteceu. A 2ª (devido ao tabaco) e a 4ª foram dias de melhores lucros. Comparando com o mês de Junho, esta foi uma 6ª feira normal em termos de vendas.

Image Hosted by ImageShack.us

À 6ª paga-se à Asco e a um outro fornecedor de tabaco, pelo que o resumo das contas entra finalmente em negativo. Uma nota: o alto valor da factura da Asco deve-se essencialmente a vendas efectuadas durante o mês de Agosto. O mês de Setembro é assim mesmo: paga-se, e bem, as óptimas vendas de Agosto, pelo que não será de estranhar se chegarmos ao fim com do mês com prejuízo. Nada que o Agosto não tenha já pago ;)

Image Hosted by ImageShack.us

Agora no fim-de-semana e na 2ª feira é para recuperar e sair do vermelho.

Foi um dia agitado, como o são sempre as 6ªs feiras. Começam a chegar os suplementos do Expresso, chegam alguns semanários, suplementos de diários, etc... O fornecedor de tabaco também me chateia logo de manhã, pelo que os 6 metros quadrado se transformam numa verdadeira tenda de ciganos logo pelas 8:30 da manhã. Só lá para as 11 as coisas acalmaram, e foi possível iniciar as sobras da Asco. Deixam-se as dúvidas das sobras para Sábado.

Dos 75 Expressos que pedi, vou receber 67. A distribuidora é a Asco.
Dos 40 Sol que pedi, vou receber 44. A distribuidora é a Chupista.

Amanhã posto os resultados do 2º round dos 2 principais semanários. Espero um 67-44.
publicado por ardinario às 17:37
link | comentar | ver ardinarices (2) | favorito
Quinta-feira, 21 de Setembro de 2006

Dia 11

Apesar da forte chuva matinal, altamente prejudicial ao negócio, a caixa não foi má de todo.

Image Hosted by ImageShack.us

Dia em que se pagou à Chupista...

Image Hosted by ImageShack.us

Amanhã vai doer com 2 facturas grandinhas... Além de que a abertura do quiosque à 6ª feira é um caos. E estou com uma dor de costas terrível.
Mas espera-se uma caixa forte, tipo tio patinhas.

(Dá-me a sensação que estou aqui a falar para o boneco. Amanhã começo a postar gaijas nuas)

Vendas de Visão, Focus e Sábado.

Image Hosted by ImageShack.us

O director da revista Sábado gaba-se hoje no editorial de ter esgotado nas bancas todos os exemplares da semana passada (oferta de 1 livro). Mente.
publicado por ardinario às 22:00
link | comentar | ver ardinarices (13) | favorito
Quarta-feira, 20 de Setembro de 2006

Dia 10

Depois da tempestade de ontem, a bonança.

Image Hosted by ImageShack.us

Compraram-se cartões telefónicos, pelo que o resumo do mês passa a ser:

Image Hosted by ImageShack.us

A empresa de toldos esteve no quiosque a tirar medidas. Falta agora pedir a autorização à câmara municipal e já está.

Amanhã prevê-se chuva. Vai ser mau.
Conto colocar brevemente mais umas tabelas de vendas de revistas. Desta vez da Sábado, Visão e Focus.
publicado por ardinario às 21:44
link | comentar | favorito
Terça-feira, 19 de Setembro de 2006

Dia 9

Mau. Foi um dia mau. Acabou o Verão :(
Apesar de ser 3ª feira, por defeito o pior dia da semana (a par com a 4ª feira), ficou muito abaixo das minhas expectativas.

Image Hosted by ImageShack.us

Pagou-se tabaco ao fornecedor, pelo que temos...

Image Hosted by ImageShack.us

A boa notícia de hoje (diria mesmo excelente!) foi a confirmação da colocação de novos toldos no quiosque por parte de um jornal diário de referência.
publicado por ardinario às 21:09
link | comentar | favorito

Noticias dos media

O DN de hoje publica um estudo sobre as vendas das denominadas revistas semanais de sociedade (vulgo imprensa cor-de-rosa). A comparação com o quiosque, embora limitada pela escassez de dados, é a seguinte:

Image Hosted by ImageShack.us

O mesmo jornal dá conta que o Sol esgotou os 130.000 exemplares em banca, e o Expresso diz ter vendido todos os 200.000 exemplares, pela primeira vez desde que foi lançado há 33 anos.

Ainda no DN:
O motor de busca Google foi condenado a tirar do seu site Google News artigos, fotos e gráficos pertencentes aos editores belgas de imprensa diária francófona e germânica. Se não cumprir terá de pagar um milhão de euros por dia e 500 mil se não publicar esta esta sentença.
publicado por ardinario às 15:40
link | comentar | ver ardinarices (1) | favorito
Segunda-feira, 18 de Setembro de 2006

Dia 8

Está aberto o Big Brother do Quiosque!

Caixa nº1:

Image Hosted by ImageShack.us

Da esquerda para a direita: Jornais, Revistas, Revistas com 21% de IVA (colecções, alguns produtos associados a jornais e revistas, dvds, cds, artigos pornográficos,etc...), pastilhas e derivados, tabaco, selos e lotarias, credifones e papelaria.

De cima para baixo: vendas brutas, % de vendas de cada tipo de artigo, lucros e % de distribuição de lucros (não confundir com margem de lucro de artigo).

Não foi nada mau para uma 2ª feira. Sinceramente espera que hoje já se fizesse notar a quebra de quinzena. A ver vamos como corre o resto da semana...

E o ponto da situação é, obviamente, este:

Image Hosted by ImageShack.us

Como tinha prometido, segue-se o ranking de vendas das revistas femininas, que não são tão femininas quanto isso, a avaliar barba pelos compradores :)

Image Hosted by ImageShack.us

A TV 7 Dias é mesmo um caso de sucesso, a Maria esteve abaixo das expectativas e a Ana tem vindo a surpreender.

Hoje, pelo quiosque, não se passou grande coisa, salvo algumas discussões em torno do resultado do Sporting :)
Tentei aumentar o número de Expressos de 62 para 75, mas do outro lado comunicaram-me que as remessas para o jornal se iam manter as mesmas, mas que iriam tentar satisfazer o meu pedido. Quanto ao Sol, pedi 40. Não acredito que haja a mesma corrida que para o nº1, além de que até agora ainda só tenho 3 reservas.
publicado por ardinario às 21:29
link | comentar | favorito

O futuro dos jornais

O suplemento Dia D, do Publico de 6ª feira passada , traz um artigo interessantíssimo sobre o estado actual dos jornais portugueses e o seu futuro.

Image Hosted by ImageShack.us

A razão para o descréscimo das vendas deve-se a um conjunto de factores:

-Quebra da natalidade, o que implica a ausência de reposição de leitores, que são pessoas cada vez mais velhas;
-Internet;
-Aparecimento de jornais gratuitos;
-Mudança nos hábitos de leitura (há cada vez menos jovens a ler em papel).

O que faz com que...

Image Hosted by ImageShack.us

No mesmo suplemento, Gustavo Cardoso, presidente do Observatório da Comunicação (Obercom), empresta-nos algumas ideias:

[...a venda de produtos associados] é uma das soluções do modelo de negócio do jornal.

Se as universidades têm menos alunos, é natural que os jornais tenham menos leitores.

O jornal vai buscar dinheiro sobretudo à publicidade. A menor fatia é a do pagamento em banca. A publicidade só vale em função do número de pessoas a que se chega. Essa é a regra.

[Os jornais de referência deviam ponderar a hipótese de passarem as gratuitos?] A questão é saber se, sendo gratuito, haverá mais gente a ler e logo mais publicidade, compensando retirar o preço. O certo é que, quando se dá esse passo, não há retorno. [...] Todas as empresas estão a colocar o cenário em cima da mesa.

[Sobre o surgimento do Sol] Se só existe um semanário, então faz sentido haver outro. [...] O Expresso, além de ser um jornal, é também um modo de estar ao fim-de-semana. Mas tem sido o único...
publicado por ardinario às 16:11
link | comentar | ver ardinarices (4) | favorito
Domingo, 17 de Setembro de 2006

Dia 7

Como disse ontem, hoje foi a minha folga, pelo que apenas passei pelo quiosque para levar um Expresso extra para um cliente habitual e ver como estavam a correr as coisas com o Olegário. Tudo ok, excepto a distribuição do Record que se atrasou e só chegou por volta das 10:30.
Geralmente, Domingo é um dia calmo, onde se vendem principalmente jornais. Da parte da tarde fecha-se o tasco, que o movimento na zona assim o dita.

Aqui estão os primeiros resultados oficiais das vendas de jornais diários da semana que passou:

Image Hosted by ImageShack.us

Em 1º lugar o Record, com 27,6 jornais por dia. O meu destaque vai para a Bola, que geralmente não vende tanto, mas penso que se deva ao facto de nesta altura contarmos ainda com alguns turistas. Optei por calcular as vendas e o lucro consoante o preço médio de cada jornal, pois esse variam ao fim-de-semana.

Amanhã posto os resultados das vendas das revistas femininas e, ao final do dia, espero colocar as contas do dia. Começa amanhã o "Big Brother de um quiosque" :)
publicado por ardinario às 17:25
link | comentar | ver ardinarices (5) | favorito
Sábado, 16 de Setembro de 2006

E ao 6º dia o Sol brilhou

Sábado é o único dia em que o Olegário me acompanha na abertura do estabelecimento. Tal como combinado na véspera, abrimos às 7:30. Sabemos que podemos estar descansados até às 8, a não ser que surja um madrugador a exigir de rompante o Record, o Correio da Manhã, o Jornal de Notícias, a Maria e a fotocópia do bilhete de identidade.
Primeira boa notícia: o Correio da Manhã de sábado vem renovado e com os respectivos suplementos dentro do jornal.
Primeira má notícia: Faltam 2 cadernos principais do Expresso.
A primeira tarefa é ordenar o Sol. Coisa rápida. O Olegário encarrega-se de marcar as 23 reservas do mesmo. Depois de expor os diários, dedico-me ao Expresso. Distribuo os suplementos pela mesa e começo a dar cabo dele. Infelizmente o suplemento de Golfe e o Caderno Especial Regresso às Aulas atrasam a coisa a uma média de 3 segundos por pacote. Além disso, o maço cabe à justa no saco de plástico. O processo faz-se a 15 segundos por Expresso, bem longe dos 11 segundos nos Expressos mais leves de Inverno :)
Às 9 horas em ponto está tudo em ordem. Por esta altura já só restam 5 Sol. Meto-me à estrada e recolho 10 exemplares à concorrência. Não foi fácil. A maior parte já não tinha nenhum disponível.
Às 10 horas acabam-se os 33 Sol + os 10 extra. Até à hora que escrevo, poderia ter vendido cerca de 80, se os tivesse...
Às 11, acabam-se os 62 Expresso ( e não 63, como tinha informado ontem) , mesmo aqueles que estavam incompletos! (O tal milagre do DVD...) Até à hora que escrevo, poderia ter vendido cerca de 80, se os tivesse...
Para já, no 1º round, empate técnico. Mas o número 1 do Sol pode ser enganador. A verdadeira batalha começa para a semana.
De resto, aproveito para dizer que Sábado é o dia mais lucrativo do quiosque. Os diários são mais caros, há mais disposição para comprar, há mais tempo para ler, há o Expresso e agora o Sol, há a Maria, a Telenovelas e a Nova Gente. Fossem todos os dias assim...
Amanhã folgo. O quiosque abre da parte da manhã, pelas mãos do Olegário.

E a partir de 2ª feira, todas as contas diárias do quiosque! Quanto foi a caixa? Quanto se paga aos fornecedores? Qual o saldo actual? Quanto recebe o Olegário? Quanto tira o Ardinário? Quanto se paga de impostos? Quais as despesas correntes? O que se pode mudar?
Leiam, comentem, analisem e sugiram.
publicado por ardinario às 16:41
link | comentar | ver ardinarices (19) | favorito

.ardinario

RSS

.posts recentes

. A ORLANDA NÃO PERCEBE

. O PERFUME QUE ERA MEU

. O 11 DE SETEMBRO DOS QUIO...

. 3000 METROS OBSTÁCULOS

. Abra-se o livro!

. A vida dá muitas voltas

. À atenção dos accionistas...

. QUIOSQUE QUE LADRA NÃO MO...

. Última hora!

. O CURSO DE LÍNGUAS E O RO...

.arquivos

. Janeiro 2015

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2013

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

.links