Quarta-feira, 15 de Novembro de 2006

And now something completely... serious!

Vale a pena ler, analisar e comentar.

Diário de um Quiosque feito pelos seus leitores

Junto apresento algumas sugestões para o aumento das receitas do quiosque. Tal como tinha referido as sugestões dividem-se por 3 vectores

1- Geografia: Quebrar a barreira local e geográfica do quiosque;
De uma forma geral os quiosques são locais de comércio local, ou seja, a grande maioria dos clientes ou são da proximidade geográfica do quiosque ou os seus trajectos diários cruzam-se com ele. A minha sugestão para aumentar a procura, assenta no velho ditado que diz que se Maomé não vai à montanha, a montanha vai a Maomé.
A minha sugestão é criar formas intensificar o negócio fora da esfera local do quiosque. Para tal, sugiro a divulgação de entregas a domicilio (é claro que as Páginas Amarelas da Internet
www.pai.pt serão um veículo essencial), encomendas telefónicas, ou pela internet. As entregas realizar-se-iam a determinada hora e sem custos para o cliente para determinado volume de negócio diário ou anual. O Segmento a explorar seria: 3ª idade (com dificuldade de locomoção), instituições ou empresas (p.ex. Lares de 3ª idade, hospitais, consultórios médicos , clínicas médicas, etc.). Para além de incluir na esfera de clientes do quiosque outros clientes para além dos que habitam ou frequentam a zona espacial deste, permitiria criar espaço para o desenvolvimento de contratos do tipo avença mensal ou anual.

2- Euros Vendidos: Necessidade de aumentar as vendas por cliente (€/ visita de cliente) e outras fontes de rendimento;
Aumentar os serviços & produtos colocados à disposição do cliente: Por forma a ajustar estes produtos ou serviços à realidade do mercado do quiosque, seria interessante, em primeiro lugar, efectuar uma análise mais cuidada das características do cliente padrão.
Mesmo desconhecendo o perfil do cliente junto algumas sugestões . Refiro que o ideal é esta diversificação passar pelos serviços, mais do que pelos produtos, pela factor espaço que deduzo ser um factor crítico. Na área dos serviços o quiosque pode representar um grande activo para a população local. Ou seja o quiosque poderá a passar a ser a porta de entrada para o bairro, a central de compras para uma população que tem as mesmas necessidades em determinados momentos do tempo.

2.1 - Quisoque como central de compras: Neste sentido sugiro que se explore mais as vendas sazonais. Para tal previamente deverão ser preparadas as campanhas e recolhidas encomendas, p.ex:
Natal: Venda por encomenda de Bolo Rei, Musgo, árvores de natal, musgo, etc. Após seleccionados alguns produtos para uma época dever-se-ia encontrar um fornecedor que estivesse interessado em colaborar, estabelecer com ele um preço e data de entrega e iniciar a campanha de encomendas. O factor crítico não é o preço mas sim a credibilidade e a antecipação de uma necessidade futura.
Finados (Nov) - Velas
S. Martinho: Castanhas, Jeropiga,
Páscoa: Amêndoas, folar.
Etc

2.2 - Espaço de publicidade: Sendo um espaço muito visitado o quiosque, que já é uma montra de jornais e revistas, poderia passar a ser também a montra para outros serviços e produtos. Neste sentido poderia ser criado um espaço de publicidade visual (de x€/m2/mês). Local de distribuição de panfletos de publicidade (conhecendo tipo de cliente e o fluxo mensal poderá ser cobrado um x€/panfleto distribuído), etc.

3 - Procura: Incrementar o nº de visitantes ao quiosque.
As sugestões inseridas no ponto 2.1 são já por si formas de incrementar o nº de visitantes ao quiosque, junto abaixo mais algumas sugestões:

3.1 - Quiosque como “operador logístico” de serviços: Procurando explorar a centralidade e os elevados níveis de notoriedade e confiança que os clientes depositam no quiosque sugiro que se explore mais esta faceta tornando-o num local de angariação de serviços para: Canalizadores, Picheleiros, Veterinários, Reparadores de electrodomésticos, etc. Estabelecendo previamente alguns contactos com empresas que prestem estes serviços, definindo a comissão a receber pelo serviço de angariação, o quiosque passaria a recomendar e a recolher encomendas para estes serviços. Para além de uma fonte de rendimento prestaria um serviço extra à comunidade local (aumento de notoriedade) e incremento da visitação, pois passava a ser visitado não só por clientes que pretendem adquirir jornais ou revistas mas sim para resolver parte dos seus problemas diários.

3.2 – Aumentar a fidelização: Criação de um cartão de cliente. Este cartão teria muitas funções:
Para o lado do cliente dar-lhe-ia pontos (descontos) em especial nas promoções sazonais (ver ponto 2.1) ou outro tipo de promoções ou descontos a definir. Para o quiosque o cartão de cliente serviria:
Conhecer melhor os seus clientes: Através do questionário de preenchimento: Ficar a conhecer melhor o seu cliente (Morada, idade, gostos de leitura, tipo de serviços necessita etc).
Estabelecer uma maior fidelização.
Passar poder visitar o cliente
(através de carta, telefone, email etc) alterando o paradigma de ser apenas o cliente a visitar o quiosque.
publicado por ardinario às 15:44
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.ardinario

RSS

.Vieram cá parar

.posts recentes

. A ORLANDA NÃO PERCEBE

. O PERFUME QUE ERA MEU

. O 11 DE SETEMBRO DOS QUIO...

. 3000 METROS OBSTÁCULOS

. Abra-se o livro!

. A vida dá muitas voltas

. À atenção dos accionistas...

. QUIOSQUE QUE LADRA NÃO MO...

. Última hora!

. O CURSO DE LÍNGUAS E O RO...

.arquivos

. Janeiro 2015

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2013

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

.links