Terça-feira, 30 de Setembro de 2008

Estudo oficial

É possível definir o perfil médio dos indivíduos que fumam Marlboro? É possível encontrar um padrão que se adeque aos fumadores de SG Ventil? É possível que um agarrado ao LM Lights sofra de um determinado desvio da personalidade que o distinga perfeitamente de um fumador de Camel? Ou seja, alguém me diz que se um gajo, lá porque fuma Marlboro, tem boas hipóteses de sacar mais de 5000€/mês, ou se fuma Kentucky, vive da Segurança Social para matar o vício? Não, ninguém me consegue dizer isto, pelo menos com um ar sério.
O mendigo da rua da republica, aquele que parece que ficou eternamente à espera do segundo álbum dos Sex Pistols… esse gajo, por exemplo, fuma e compra Marlboro. Já o futuro ex-agarrado que me ajuda a tirar os volumes das caixas, que é uma ajuda que vocês nem imaginam principalmente naqueles dias em que chego ao quiosque com vários inchaços da cintura para baixo… esse gajo fuma Chesterfield Lights, porque lhos vendo a 10 paus. O Mário Silva não fuma. O professor doutor fuma Tabaqueira. O ex-professor doutor que sacou do bigode depois de uma vitoriazita do seu clube no fim-de-semana, que suponho que já estivesse mesmo farto do bigode porque ele ultimamente não fazia mais nada senão prometer às filhas sacar do bigode assim que o seu clube começasse a ganhar jogos… esse ex-professor doutor não fuma, nunca fumou, mas se fumasse fumava Águia.

Portanto, para responder de vez à pergunta “É possível definir o perfil médio dos fulanos que fumam Marlboro ou outra merda qualquer?”, a minha resposta – e que ninguém se atreva a contrariar – é não, não é.

E agora vou ficar o resto da tarde a olhar para o monitor, enquanto faço refreshs de 5 em 5 minutos ao Rochemback.
publicado por ardinario às 15:13
link do post | comentar | favorito
1 ardinarice:
De dutilleul a 30 de Setembro de 2008 às 18:47
Bom, muito bom, caraças!

É o que dá passar o dia a “enfrentar o público”, como diria um gajo aqui da comissão de festas de barrantes. Isso e um talento danado para as coisas da caneta.

Parabéns.


Comentar post

.ardinario

RSS

.Vieram cá parar

.posts recentes

. A ORLANDA NÃO PERCEBE

. O PERFUME QUE ERA MEU

. O 11 DE SETEMBRO DOS QUIO...

. 3000 METROS OBSTÁCULOS

. Abra-se o livro!

. A vida dá muitas voltas

. À atenção dos accionistas...

. QUIOSQUE QUE LADRA NÃO MO...

. Última hora!

. O CURSO DE LÍNGUAS E O RO...

.arquivos

. Janeiro 2015

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2013

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

.links