Quarta-feira, 11 de Outubro de 2006

Dia 30 - A TV 7 Dias

Terça-feira é dia de TV 7 Dias, a revista mais aguardada da semana pelo público feminino. O sucesso da revista é tal que consegue mesmo cativar clientes masculinos. Das cerca de 50 que se vendem semanalmente, pelo menos meia dúzia acabam por ser adquiridas por homens.
De vez em quando, nas horas de menor stress no quiosque, tenho por hábito tentar adivinhar mentalmente aquilo que o cliente que se aproxima da banca vai comprar. Com o Record tenho uma boa taxa de sucesso, que deve rondar os 60%. O Correio da Manhã também não é dos mais difíceis. Mas ainda está para chegar o dia em que acerto no homem que vem para comprar a TV 7 Dias. Não há o homem-tipo que compra a TV 7 Dias. Não é magro, nem alto, nem careca. Varia. Não é regular na compra. Provavelmente vinha à caça de um desportivo, mas à 3ª feira nunca se passa nada neste campo. Como a revista está ali à mão de semear, e geralmente traz o C.Ronaldo na capa, o instinto leva-o à compra. Será? Ou o raio da revista é mesmo boa?
Ainda não consegui alcançar as razões do sucesso de vendas que é a TV 7 Dias. Quando aterrei no quiosque, há pouco mais de um ano, o fenómeno já se verificava. De quando em vez ouço uns comentários a referir maravilhas da secção de culinária. Talvez passe por aí, até porque é frequente a revista ser acompanhada por um dossier para arquivar as receitas. Maldito dossier, que ocupas tanto espaço!
Nas próximas semanas vou estar mais atento e tentar perceber junto do cliente a preferência pela TV 7 Dias.

E agora uma questão para os entendidos do marketing/vendas. Sabendo de antemão que a TV 7 Dias vende quase todas as semanas cerca de 50 exemplares, tendo em conta que o espaço de exposição no quiosque é limitado e que a TV 7 Dias é todas as 3ªs feiras colocada na zona mais visível, estarei a proceder bem em dar-lhe essa "honra" do melhor lugar do quiosque? Ou será preferível oferecer esse lugar a uma outra revista, que eu saiba antecipadamente que não esgotará?

Foi uma boa 3ª feira, se for a comparar com o ano passado.

Image Hosted by ImageShack.us

Em 2005, não houve caixas de 3ª feira superiores a 560€

Dia de pagamento à contabilidade, e mais uma remessa de tabaco:

Image Hosted by ImageShack.us

Vou adiar para amanhã o post com as horas de ponta.
Para hoje fica o ranking actualizado dos jornais diários:

Image Hosted by ImageShack.us

Grande subida da Bola, grande descida do CM.
Para 4 semanas de vendas de jornais diários, um lucro de 427,40€.

Ainda há profissionais muito atentos na sua grande área. Outros, na pequena área, nem por isso...
publicado por ardinario às 21:43
link do post | comentar | favorito
12 ardinarices:
De Luciano Rodrigues a 12 de Outubro de 2006 às 01:14
Amigo Ardinário, respondendo antes de mais ao seu comentário abaixo, devo dizer-lhe que os jornalistas estão já muito atentos ao que se diz e se passa nos blogs, pelo menos no que ao Belenenses diz respeito. Têm ali uma excelente fonte de informação.

Quanto à dica sobre a TV7 Dias, devo dizer-lhe que acho que a sua aposta está correcta, no sentido em que pelo que me apercebo a compra da revista não tem um padrão e funciona maioritariamente por impulso. Ora, se funciona por impulso, e bem, há que a "impulsionar"!

Uma vez mais lhe deixo os parabéns, e a ver se me calo, que o meu mundo blogosférico é outro! Mas continuo por cá... ;)


De José Moreno a 12 de Outubro de 2006 às 10:48
Muito interessante o blogue, muito interessante esta análise. Parabéns!

Um pedido: para quando algumas informações sobre revistas mensais temáticas? Quando são procuradas? Quando saem? Que rendimento dão? Os leitores são fiéis?


De Puxa saco a 12 de Outubro de 2006 às 11:28
Ao contrário do Luciano Rodrigues, eu penso que deveria fazer uma experiência e colocar a TV 7 Dias um pouco recatada em relação ao costume e tentar pôr outra revista que venda menos, mais em destaque.
Daí já poderia concluir se o que vende é o lugar na montra ou o produto em si.


De Luciano Rodrigues a 12 de Outubro de 2006 às 11:34
Puxa Saco, a sensação que tenho é que a TV7dias aposta forte nas capas. Já meia dúzia de vezes a comprei pela capa. Uma das coisas que reparo é que geralmente há um contraste grande na capa entre fundo e lettering dos titulos. Mas também pode seguir a sugestão e uma semana trocar as voltas, e ver o que dá. Nada como experimentar.


De sôrengenheiro a 12 de Outubro de 2006 às 12:00
Caro Ardinário, muitos parabéns pelo seu excelente blog, que para mim já é de leitura diária e obrigatória.
Quanto à TV7Dias, há um pormenor importante quanto aos homens que a compram, tal como eu. Eu compro-a todas as semanas, sem falhas já há bastante tempo, mas apenas porque a minha mulher, por questões de trabalho, não tinha oportunidade de a comprar no dia de saída, e assim ia eu comprá-la. Actualmente o problema já não se coloca, mas eu continuo a cumprir o ritual. Convém referir que dou sempre uma "vista de olhos" pela revista, embora sem grande interesse.
Razões da compra: ver as novidades da programação da TV e a culinária. É verdade, o pequeno destacável com as receitas faz as delícias da minha mulher, que muitas vezes começa por aí a leitura.
Quanto à exposição da revista no quiosque, penso que qualquer lugar serve, pois quem quer comprar a revista, se não a vir pergunta por ela, e só em último caso compra uma da concorrência.
Mais uma vez parabéns, e não deixe de nos ir dando este pequeno prazer diário que é a leitura deste blog.


De Anónimo a 12 de Outubro de 2006 às 20:11
Caro Ardinário,
Escreve-lhe o JPH, do Glória Fácil (e jornalista também, do DN). Já recomendei o seu blogue mas há sempre algo que me confunde: quando, no ranking dos jornais, diz "semana 3" e "semana 4", que semanas são essas exactamente (de que dias a que dias, de que mês). Se me pudesse esclarecer agradecia. Um abraço e votos de continuação do seu excelente blogue,
JPH


De pedro mouro a 12 de Outubro de 2006 às 21:33
ola ardinário!
desde já o meu muito obrigado pelas úteis informaçoes que me deu!
gostaria de saber, se nao fosse pedir muito, se foi fácil conseguir ser
agente pay shop, dizem-me que sò é possivel se-lo apos ter dois anos de
porta aberta! será?
gostaria de saber tambem se há formas de ter carregamentos de telemóveis sem
ser através da payshop. e os cartoes teelfonicos para faalr para o
estrangeiro onde os adquire? e passes dos autocarros nunca pensou ter??
mais uma vez..agradecido pela atençao dada


De ardinario a 12 de Outubro de 2006 às 23:56
Em relação à TV 7 Dias, vou fazer o seguinte na próxima 3ª feira: coloco-a no local do costume e vou estar atento a quem compra por impulso e a quem já vem com a ideia de a comprar.

José Moreno, essas contas das revistas mensais estão a ser feitas. Como sugeriu, vou distribui-las por tema. Como estamos agora a atingir as 4 semanas de "contabilidade", já tenho os dados de venda de quase todas as publicações. Depois vou informando.

Luciano, por acaso nunca presto muita atenção ao design das capas, mas acredito plenamente que no inconsciente isso conte muito para o comprador.

Engenheiro, obrigado pelas dicas. Para a semana não vou perder a oportunidade de desfolhar a TV 7 Dias ;)

JPH, já dei conta que o disparo das visitas partiu daí ;)
Tem razão, em relação aos jornais vou passar a colocar as datas a que se referem as vendas. A semana 4 corresponde a vendas entre os dias 29 de Setembro e 5 de Outubro para a Bola e Publico, e 30 de Setembro a 6 de Outubro para os restantes.

Pedro, a payshop é que veio ter comigo. COnfirmo que são necessários 2 anos de gerência. No meu caso ainda só tinha 1 ano, mas o interesse deles levou-os a abrir excepção.
Penso que haverá alternativas à payshop, mas desconheço quem o faça.
Envio contacto do fornecedor de cartões por mail.


De Anónimo a 13 de Outubro de 2006 às 12:27
Já conhecem a Mega Rede? Está agora a arrancar, é do género do PayShop, mas engloba dezenas de serviços além dos que o PayShop permite: "No seu lojista habitual poderá tratar de serviços de utilidade pública, pagar contas domésticas, seguros, carregar títulos de transporte, telemóveis, impostos, entre outros.
Poderá ainda adquirir telemóveis, material informático, material escolar, bilhetes para espectáculos, marcar viagens, e numa segunda fase fazer transferências bancárias, e tantas outras coisas.
", in http://www.revista-empresas.telecom.pt/ConteudosVisualizar.aspx?tipo=8

Parabéns pelo blog.


De Anónimo a 14 de Outubro de 2006 às 10:10
ao anonymus da megarede:
gostaria de saber mais informaçoes sobre a mega rede, no site nao ha como estabelecer contacto. vou abrir um quiosque em breve e estaria interessado nos vossos serviços.
mail:pedro_mouro@sapo.pt
fico a aguardar


Comentar post

.ardinario

RSS

.Vieram cá parar

.posts recentes

. A ORLANDA NÃO PERCEBE

. O PERFUME QUE ERA MEU

. O 11 DE SETEMBRO DOS QUIO...

. 3000 METROS OBSTÁCULOS

. Abra-se o livro!

. A vida dá muitas voltas

. À atenção dos accionistas...

. QUIOSQUE QUE LADRA NÃO MO...

. Última hora!

. O CURSO DE LÍNGUAS E O RO...

.arquivos

. Janeiro 2015

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2013

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

.links