Terça-feira, 19 de Julho de 2011

o marketing boca-a-boca é isto mesmo

<mode "como fazer rir às gargalhadas um menino de 3 anos" on>

Uma das grandes angústias deste negócio cócó, servido por fornecedores cócó e com margens de lucro cócó, é não poder mexer nos preços tabelados pelos jornais, revistas e cigarros cócó. Corrijo. Poder... posso, mas a margem de lucro derrapa, entra em despiste e eventualmente capota (dumping em linguagem cócó). Ou seja, a margem de lucro, já de si um imenso cócó, desfaz-se num cócó gigante.

<mode "como fazer rir às gargalhadas um menino de 3 anos" off>

Todo este cheiro para dizer que se quero angariar novos clientes, a solução não passa certamente por baixar 5 cêntimos ao preço do correio da manhã, oferecer 1 cigarro na compra de um maço ou distribuir beijinhos vitalícios a míudas giras que efectuem compras superiores a 75 euros (impossível, por isso estou à vontade nesta oferta).

Percebi recentemente que o merketing boca-a-boca pode ser uma boa alternativa, embora não tenha feito nada por isso e muito menos tenha lucrado alguma coisa com o assunto.

Começou com a caça ao carimbo. A caça ao carimbo é uma espécie de peddy-paper em que os utentes do subsídio de desemprego pululam de empresa em empresa a pedir carimbadas numa folha própria para o efeito, a apresentar de x em x tempo no centro de emprego, justificando assim que estão mesmo interessados em trabalhar. Num dia tinha cá um participante, que levou a carimbada. No dia seguinte tinha 10. O marketing boca-a-boca é mais ou menos isto. Falhou. Falhou porque não ouvi frases como "queria um carimbo, dois records e oito tvguias, por favor". Acabou. Acabou porque passei a exigir uma carta de apresentação e o respectivo CV. Lá está, a burocracia, por vezes, pode ser um excelente aliado.

O segundo caso deu-se mais recentemente. Num dia tinha cá uma senhora a pedir que lhe preenchesse um formulário da segurança social a requerer isenção de custas judiciais num processo de despedimento. No dia seguinte tinha cá mais 3 senhoras, e percebi que se tratava de um despedimento colectivo. O marketing boca-a-boca também é mais ou menos isto. Falhou. Falhou porque as clientes não sabiam ler nem fumar. Acabou. Acabou porque aparentemente não houve mais despedimentos.

O que é importante realçar é que sou um gajo porreiro, prestável, coiso e tal, mas estou chateado porque é isto que o boca-a-boca não diz...

publicado por ardinario às 14:27
link do post | comentar | favorito
2 ardinarices:
De shark a 19 de Julho de 2011 às 17:05
Eu confesso que ler os teus posts completamente à borla me faz sentir como o parasita que folheia a revista toda a fingir que está à procura do pretexto para a comprar e depois de ler tudo vai-se embora sem se baldar ao pilim...
Mas claro que não perco o sono por causa disso, não tinha à mão era uma forma simultâneamente original e eficaz de elogiar o post sem incorrer nos clichés do costume.


De ardinario a 27 de Julho de 2011 às 12:19
AHAH mas olha que foste bem original. Abraço ;)


Comentar post

.ardinario

RSS

.Vieram cá parar

.posts recentes

. A ORLANDA NÃO PERCEBE

. O PERFUME QUE ERA MEU

. O 11 DE SETEMBRO DOS QUIO...

. 3000 METROS OBSTÁCULOS

. Abra-se o livro!

. A vida dá muitas voltas

. À atenção dos accionistas...

. QUIOSQUE QUE LADRA NÃO MO...

. Última hora!

. O CURSO DE LÍNGUAS E O RO...

.arquivos

. Janeiro 2015

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2013

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

.links